Thumb Financeira

Independência Financeira – Gestão e Negócios

Traduzindo diz que: “Conhecimento é a aquisição de informações; Compreensão é discernimento e valorização de verdades importantes e úteis. Sabedoria é a aplicação das verdades como maior valor a qualquer situação e à vida em geral”.   Steven K. Scott

Compreendemos que como seres humanos temos muitas necessidades, sejam elas as básicas, psicológicas e de realização pessoal, como disse A. Maslow em sua teoria da hierarquia das necessidades. Ao mesmo tempo, temos uma dependência de cuidados no início e final de nossas vidas.

Vamos nos desenvolvendo e aprendendo que o trabalho é inerente à nossa existência, então desde cedo já em nossa família vamos fazendo pequenas atividades e depois nossas habilidades vão se ampliando e tomamos decisões de carreiras e trabalhos que vamos escolher para nosso sustento e realização pessoal.

Por nossas crenças limitantes ou fortalecedores, conscientes ou não, vamos agindo neste pilar da vida, com mais ou menos esforço, para nossas conquistas ou frustrações.  Nossos familiares nos ensinam desde muito cedo que precisamos TER as coisas, sejam elas materiais, bens imóveis, posses ou psicológicas como relacionamentos e afetos.

Nesse sentido o sucesso na questão financeira, segundo GUIMARÃES, Carlos Eduardo de Athayde (2013) o autor do livro Coaching financeiro, diz que 20% depende da técnica- conhecimento da área (conceitos, práticas e cálculos) e 80% é puro comportamento (hábitos, crenças e convicções em relação ao dinheiro). Daí podemos refletir sobre nossos conceitos de riqueza, felicidade, realização, abundância, caro, barato, estilo de vida, princípios.

Infelizmente as escolas não trazem em suas grades curriculares a disciplina de educação financeira e pessoais, mostrando a importância dessa área da vida. Por isso, pagamos o preço com nossos erros, tentativas e acertos, como faz a grande maioria das pessoas. Não aprendemos a cultura do poupar, sermos prevenidos, termos reservas para emergências e crises econômicas.

Assim vamos percebendo os fracassos nos meios familiares, escolares, empresas públicas e privadas, órgãos governamentais e na política, a ineficácia e incompetência em como lidar com as finanças, trazendo severos impactos em todas esferas dos governos e falta de crescimento e desenvolvimento sustentável.  Se o foco fosse na educação financeira teríamos famílias mais estáveis e governo e empresas mais rentáveis e lucrativas, e uma vida mais serena. Também se considerarmos que vivemos numa sociedade de consumo, que está ligado ao da economia de mercado, e por fim ao capitalismo.

Segundo NAVARRO, Roberto (2014) no livro Coaching Financeiro fala do “giro financeiro que é o principal exercício do coaching financeiro” Esse giro representado como o mapa da vida (roda), traz os seguintes temas que devemos ser trabalhados durante o processo, que são: Renda principal, renda extra, renda passiva, fluxo de caixa, despesa familiar, dívidas passivas, investimentos/bolsa e fundos imóveis e previdência privada. Se conhecemos os conceitos e a aplicação destes em nossas finanças, certamente  seremos prósperos nesse sentido.

O excesso de propagandas nas mídias vão influenciando as compras por impulso e ao consumo. As pessoas que não sabem se controlar e deixam suas emoções tomarem conta vão ultrapassando seus limites financeiros e gerando dívidas, doenças e frustrações.

PERUZZO, Marcelo (2013) em seu livro As três mentes do NeuroMarketing  mostra os 3 cérebros mostra com muita propriedade o comportamento que temos focando a neurociência…. que diz… “que 5% da decisões são tomadas pela razão e 95% pelas emoções”.   Com isso percebemos que nossa atenção nesse sentido deve ser redobrada e direcionada para nosso foco planejado, evitando os dissabores e desgastes emocionais.

Quando temos mapeado nossas crenças limitantes nessa área da vida, também podemos acelerar nosso processo de serenidade, segurança e independência financeira. Se olharmos para nossa jornada educacional compreendemos que em cada fase da vida nossos conteúdos foram se aprofundando e como consequência de nossas escolhas, fomos pensando, sentindo e se comportando no movimento do nosso desenvolvimento.

Com isso queremos trazer a reflexão para essa área: o que e como temos aprendido com as finanças, conhecemos as operações e conceitos de juros, aplicações financeiras, compras a longo prazo-financiamentos, temos o hábito de fazer pesquisas  e comparações ? Aprendemos por tentativas de erros e acertos? o que você tem feito para compreender as razões de suas dívidas? buscou ajuda para mudar seu comportamento  que crenças e valores você possui sobre dinheiro? Que experiência você não quer mais repetir? Ah, você já mudou! Como se sente agora? que lições tirou para sua vida? Tem ajudado os seus próximos?

A ferramenta mapa da vida (autoavaliação multidimensional) – já referencia acima, permite que façamos essa avaliação e vermos em que patamar nos encontramos, e durante um processo de coaching isto é trabalhado e com excelentes resultados positivos e aprender aquilo que ainda não conhecemos .

Em se tratando de independência financeira, abrangemos nosso patrimônio (inclui os temas do mapa: giro financeiro), já citada acima. Também podemos compreender que os aspectos de nossa auto realização pessoal estejam envolvidos como viagens, estudos, lazer e ações sociais, e as todas que envolvem o bem estar.

Melhor do que ouro é adquirir sabedoria, e adquirir discernimento é melhor do que a prata. Provérbios 16:16

Considerando que a sabedoria é adquirida e com ela teremos sucesso, conforme SCOTT, Steve K. (2008) no livro Salomão, o homem mais rico que já existiu, é necessário ter uma conta bancária de conhecimento, a compreensão do porquê de suas atitudes (decisões e comportamentos), uma fonte de vida-compreensão (necessidades e desejos), a estima das pessoas em posição de autoridade ( estima e elogios), valorização e honra (sermos sábios), riquezas (materiais e espirituais), pois um coração sábio segue um sistema de valores que reflete a verdadeira sabedoria e os valores espirituais e prioridades a acompanham, proteção e segurança, vida longa (aceitar e exercitar).

Assim sendo, vamos repensar nossos posicionamentos, posturas, valores, crenças e descobrir novas formas de conquistar nosso sonhos.

Dica Extra

Estude, se inspire e inicie imediatamente o seu planejamento de uma transformação na sua carreira.

Por Marli Paink Coaching.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Open chat
1
Olá!!! Precisando de ajuda? Envie sua mensagem!