Inteligencia Emocional Thumb

Inteligência Emocional & Coaching no desenvolvimento das pessoas

Conhecer mais sobre os conceitos, te ajudarão você a entender a experiência vivida ou vivenciar.

Vamos conhecendo a evolução dos conceitos e teorias que apresentam as descobertas de como somos, pensamos e nos comportamentos.

Temos a grande teoria revolucionária que redefine o que é ser inteligente, chamada de Inteligência Emocional por GOLEMAN, Daniel, Ph D (1995) que buscou suas raízes na base do Quociente de Inteligência do psicólogo Alfred Binet teste utilizado para medir a capacidade do raciocínio lógico dos indivíduos.

O grande ponto desta teoria é que GOLEMAN (1995) insere mais um QE- Quociente Emocional, trouxe o conceito de duas mentes: A Racional (razão-lado esquerdo do cérebro e a Emocional (emoção-lado direito do cérebro), e juntam moldam nosso destino.

Mais tarde,testes foram criados para medir o quanto somos mais razão ou emoção, e o quanto há de interferências no mundo corporativo e empresarial. A partir desse momento, as organizações tiveram um elemento importantíssimo para a busca e desenvolvimento de talentos.

Nos Estados Unidos o conceito de coaching já estava bem disseminado e conhecido, não apenas no mundo esportivo, mas já no mundo corporativo, e um dos responsáveis por esse feito foi Anthony Robinns escritor e palestrante, que ajudou na divulgação da PNL e do Coaching como metodologia de desenvolvimento humano e alta performance, ajudando a diversos países nesse trabalho de formação e divulgação.

Na década de 80, o Brasil começou lentamente a estudar e trazer o conceito para o contexto esportivo e corporativo. Somente na década de 90 que o coaching tornou-se mais conhecido, propagado e praticado no Brasil. Daí justificamos a necessidade de conhecer a metodologia que chega par tratar de demandas focadas dos atletas e profissionais, num primeiro momento, e só bem mais tarde para ser aplicado nas demais áreas da vida.

Uma das grandes empresas no Brasil é a FEBRACIS- Federação Brasileira de Coaching Integral sistêmico, através do pesquisador, autor e formador de Coachs Paulo Vieira, o coaching foi e continua sendo enraizado cada vez mais.

O curso método CIS® – inteligência emocional, e as formações de Coaching Integral Sistêmico que trabalha para juntar a razão e emoção, proporcionando um profundo olhar para dentro de nós. Tem poder quem age, e mais ainda quem age certo, diz VIERA (2015).

As associações de Coaches também vem se multiplicando, e podemos citar as maiores em destaque: IBC- Instituto Brasileiro de Coaching, SBC- Sociedade Brasileira de Coaching e ABRACEM-Associação de Consultores Empresariais que disseminam, formam e introduzem a metodologia nas organizações.

E aqui vale ressaltar que muitas empresas de consultorias foram criadas para trabalhar no desenvolvimento das pessoas, sejam de forma individual ou nas empresas, e MARLI PAINK COACHING – Transformando Vidas é um exemplo no mercado de Curitiba-PR. Saiba mais www.marlipcoach.com.br

Como ferramenta de comunicação e desenvolvimento humano, utilizo a ferramenta SOAR adquirida da FCU-Flórida Christian University-Orlando-USA.

Apresentando um pouco mais sobre o conceito, a metodologia, processo, ferramentas e resultados. Inicialmente o coaching foi aparecendo como uma atividade informal, uma nova profissão e para as empresas um novo formato de desenvolver pessoas. Deixando a forma tradicional de treinamentos de lado.

Como nos lembra MAIO (2005, p.9) aput KRAUSZ (2007) que guia o neutro e experiente para a incertezas do mundo dos negócios tem-se mostrado útil para muitos e, provavelmente, nos primórdios do coaching a maioria desses coaches era constituída por gerentes experientes.

No início do século XX as demandas se tornaram mais claras e as necessidades foram grandes, pois havia mudanças significativas no mundo tecnológico, mídias e processos de comunicação, falando-se muito em competências, habilidades e conhecimentos, visando qualificar e preparar as pessoas.

Criar a “cultura do coaching” era mais que necessário, pois segundo CLUTTERBUCK & MEGGINSON (2005) aput KRAUSZ (2007), é gerir e trabalhar em conjunto, ou seja, propiciar a atualização, a alinhamento e a renovação das competências do corpo dos colaboradores, de modo a responder prontamente às necessidades do negócio da empresa, garantir sustentabilidade e os diferencias competitivos num mercado altamente imprevisível e exigente, além de um comprometimento paralelo com o crescimento das pessoas e da organização.

Diante do que lhe apresento, o Coaching é a metodologia, que através de inúmeras ferramentas e do processo em si TRANSFORMA:

  1. Transforma pessoas
  2. Transforma equipes / times de lideranças
  3. Transforma culturas organizacionais
  4. Transforma famílias e casamentos
  5. Transforma QUEM quer ser mais FELIZ e PRÓSPERO.

Por isso, e muito mais, acredite em você, leia e estude sobre o tema, mas não deixe de viver o processo em sua vida, independente da sua demanda.

Meu forte abraço. Marli

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Open chat
1
Olá!!! Precisando de ajuda? Envie sua mensagem!