Thumb Financial

Um sintoma chamado Gestão Financeira

Em muitas casas e em muitas empresas, a pandemia revelou muitas ocorrências relacionadas à saúde, mas pudemos perceber que um novo sintoma foi detectado: a necessidade de aprender ou de aprimorar a gestão financeira. Sendo bombardeados diariamente com as instabilidades, as incertezas e as reviravoltas que o enfrentamento vem nos proporcionando, muitos de nós sentimos o impacto diretamente em nossos “bolsos”, seja de nosso empreendimento, seja de nossos salários, seja dentro de nossas casas.

A sociedade sofreu o chamado efeito cadeia, onde os impactos diretamente sofridos pelas empresas foram consequentemente atingindo cada um dos grupos subsequentes, e com isso, muitas famílias sentiram a necessidade de revisar seu orçamento familiar buscando estruturar e identificar todas as ações necessárias para cumprirem com suas obrigações financeiras, os controles lançados, os planejamentos apertados e os gastos retidos, proporcionaram o desenvolvimento (ou a identificação da necessidade de desenvolver) uma nova habilidade e um novo conceito: a gestão financeira, sendo este um conjunto de processos, métodos e ações que permitem planejar, controlar e analisar todas as suas atividades financeiras. Talvez um nível de controle muito mais conhecido e aplicado como uma ferramenta da gestão empresarial, para pequenos e grandes negócios, sendo cada um desenhado e executado nas proporções adequadas ao tamanho do negócio, e dos seus objetivos e metas para o futuro.

E você já começou a arquitetar ou a redesenhar a gestão financeira do seu negócio? Esta deve ser prioridade não apenas em tempos de crise, mas principalmente em tempos saudáveis, pois é através dela que você (empreendedor e pessoa física) terá uma visão mais clara da situação atual e real das suas contas mensais e do seu planejamento, visando a estabilidade e o crescimento do seu negócio. O caminho para o sucesso começa com uma boa administração dos seus recursos financeiros (seu dinheiro e seus bens), mas para que este seja real, o passo primordial é compreender qual é a sua relação com o dinheiro: Você possui uma boa educação financeira? Você já analisou o seu histórico financeiro (pessoal e profissional)? Qual a sua relação com os compromissos e obrigações financeiros, como dívidas por exemplo? Muitos de nossos aprendizados relacionados ao dinheiro são oriundos de nossas origens e de nossa criação, mas com o nosso crescimento e busca por novos conhecimentos e informações, passamos por diversas áreas de formações e profissionalizações dos mais variados assuntos, e independente de qual seja a sua área de empreendimento, o tempo, a atenção e a importância dedicada as questões financeiras serão, além de relevantes, determinantes para o início, engajamento e ascensão de um bom negócio. E você não precisa começar com saltos muitos grandes ou de extrema informação técnica, hoje com o avanço tecnológico há uma variedade de oportunidades à custos baixos (ou até gratuitos) e muitas oportunidades de ferramentas (como softwares e aplicativos) disponíveis nas mais diversificadas plataformas de comunicação;

Para iniciar a arquitetar sua gestão financeira listaremos 4 passos simples:

  • Planejar – Defina metas e objetivos;
  • Controlar – Acompanhe a execução;
  • Analisar – Analise seus resultados (positivos e negativos);
  • Investir – Invista de forma a contribuir com a saúde do seu negócio.

Eu posso ser seu suporte para compreender como está sua relação com o dinheiro, e principalmente, serei sua aliada na construção de um futuro de sucesso para você e seu negócio. Acesse nosso site e conheça mais sobre os serviços de Mentoria e Business Coaching.

Por Marli Paink Coaching.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Open chat
1
Olá!!! Precisando de ajuda? Envie sua mensagem!